Fabiano Luis Bueno Lopes

 

INTRODUÇÃO

cativos deixam Láquis, segundo maior centro urbano da JudéiaO período analisado vai dos finais do séc. VIII a . C. até os meados do séc. IV a C.

 A intenção foi enfatizar principalmente as principais mudanças ou permanências que ocorreram com o episódio da sucessão de Reinos dominantes no Oriente da Antigüidade. Todas as datas citadas são do período anterior a era cristã.

Na Palestina, o reino de Israel havia sido dividido no reinado de Roboão, formando o reino do Norte, com capital Samaria e o reino do Sul, com capital Jerusalém (clique na miniatura ao lado para ver o mapa). A Assíria vinha dominando alguns povos desde o séc. VIII a.C., seus reis famosos e cruéis invadiram diversas cidades, conquistando desde o Golfo Pérsico até a Capadócia, desde o Egito até a Mesopotâmia. Sargão II Clique aqui para ver o mapa empreende várias conquistas, invade Damasco, cerca Samaria, capital do Reino do Norte, conquista as 10 tribos do Norte de Israel em 722, levando o povo cativo para Nínive e Caldéia. Alguns fogem para Jerusalém, capital do Reino do Sul, fazendo a cidade crescer. Sargão II morre em 705 mas as conquistas continuam. Uma das cidades invadidas foi Láquis, segundo maior centro urbano da Judéia, que foi tomada em 702 por Senaqueribe, foram quarenta e seis cidades ao todo, segundo os anais reais assírios. Láquis foi sitiada e alguns do povo são levados cativos. Após o domínio assírio inicia-se o babilônico.

 

 

Retorna ao índice do Projeto Chronos.